quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

BICHANO

Serias um gato
Se fosses bicho.

Um gato a roçagar
Me as pernas   melífluo
A saltar – miau – para o
Colo de encontro ao
Meu peito a ronronar
Descarado
           Imperial
                    Bichano
                             Gata.

2 comentários:

Nina Rizzi disse...

esse lugar tem me sido um recanto, um oásis, um relicário.

poesia se faz com palavras. seja quais forem, desde que arranjadas em poesia.

poesia pura, esse canto. maravilha!

Ricardo António Alves disse...

As melhores palavras são essas, Nina!...

Um abraço.